Por que assistir Downton Abbey – Modas e Costumes

Downton Abbey é uma série britânica escrita por Julian Fellowes cujo roteiro foi um pedido do produtor Gareth Neame, que queria uma história parecida com a do filme “Assassinato em Gosford Park” (2001) também escrito por Fellowes. Downton Abbey, assim como a precursora, continuou com a ideia de mostrar não só o drama da nobreza, mas também envolver a criadagem. E você com certeza vai se envolver com o casal Mr. Bates e Anna, ambos do elaborado sistema hierárquico da criadagem que a série faz questão em exibir.

A série é localizada no castelo fictício Downton Abbey, uma propriedade rural pertencente ao Conde de Grantham, localizada no interior da Inglaterra de George V. Para entender a moda e os costumes da trama é preciso entender o forte relacionamento que Downton Abbey tem com a história, isso porque vários acontecimentos são responsáveis pelo desenrolar da série e consequentemente muda atitudes, modos, ações e também a aparência dos personagens.

A 1ª temporada começa no início do século XX, em 1912, com uma notícia que gera o primeiro conflito da série, o naufrágio do Titanic, onde estavam o primo do Conde e seu sobrinho, herdeiro de Downton. O Conde tem três filhas, logo, mulheres não herdam a propriedade, então é preciso que a filha mais velha se case para que seu marido tenha posse da herança.

Eis que surge o primeiro acontecimento que mostra o quanto Downton Abbey se preocupa com os detalhes de sua produção e o motivo de eu amar tanto séries e filmes de época: a vestimenta. A família está de luto, então é preciso que as mulheres mudem completamente seu guarda roupa e só usem preto, desde acessórios de cabelo até os sapatos. Na era vitoriana (precursora da época em que se passa Downton) havia uma íntima relação entre vestuário e morte. Havia um sistema do luto, em que se seguia dependendo do tipo de perda da família.

O luto causava um impacto maior nas mulheres, se tratando da estética, pois os homens já usavam preto em seu cotidiano normal, enquanto as mulheres tinham que abrir mão de toda uma gama de cores, tecidos, estampas e acessórios pela sobriedade da cor preta. Assim é possível entender por que Lady Mary, a filha mais velha do Conde, que estava noiva de uma das vítimas do Titanic, relutou em aceitar o luto, ela odeia a cor preta.

Essa é apenas uma das problemáticas da série que envolvem a moda e os costumes. Outro exemplo é Sybil, filha mais nova do Conde. Ela se interessa por política e luta pelos direitos das mulheres, inclusive há uma cena em que a personagem aparece usando calças em um jantar com a família, o que foi um choque para eles, é claro. Um detalhe que também prova a preocupação com o figurino da trama é que há muitas (mas muitas!) cenas dos personagens se vestindo.

Então se você gosta de séries de época, drama e se interessa pela história da moda, com certeza vai se encantar com Downton Abbey. Nas temporadas posteriores há influências da guerra, da loucura dos anos 20 e etc…o que vai ser mais detalhado nas próximas resenhas.

Até lá!

perfil tobias

Gostou das dicas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s