Iury Vicenzo, 26

IMG_2937editadaMe chamo Iury Vicenzo, tenho 26 anos e fotógrafo de moda. As minhas horas livres se misturam com o meu trabalho. Geralmente as horas livres gasto editando fotos, porque eu me divirto com o meu trabalho. Mas também adoro assistir coisas no Netflix deitado na minha rede, procrastinar e dormir.

Moda pra mim é uma arte. E assim como toda arte é preciso ser estudada. Talento na moda existe, mas só talento não leva ninguém a lugar algum. Comparo muito com Fotografia, alguns nascem com talento pra exercer a profissão, mas a técnica também precisa ser aprendida pra que esse talento aflore. Acho que por isso juntei as duas áreas.

Procuro referências atuais sobre tendências visuais, estampas minimalistas por exemplo. Sempre fui muito gótico e estou indo aos poucos pro lado claro da força, sem perder o meu lado bruxo. Queria poder ser mais conceitual e admito que procuro recortes e estampas mais ousados nas roupas, mas acho que ainda preciso desenvolver um pouco mais esse meu lado pra poder usar algo assim. As minhas roupas tão estritamente ligadas à minha personalidade. O meu lado gótico do mal tá sempre bem claro no que eu visto, assim como o meu lado divertido.IMG_2857editadaAs tuas roupas, de alguma forma estão relacionadas à tua identidade? O que tu acha que elas falam sobre ti? Elas já falaram muito mal de mim. Muito mesmo. Mas tive um namorado que me ensinou bastante a expressar o que eu sou através do que eu visto. Hoje elas já transpiram mais a minha criatividade, que é essencial pra um fotógrafo. Quero ir mais além e expressar mais da loucura e liberdade que passam pela minha cabeça. Vou chegar lá.IMG_2923editadaPro look da foto quis usar uma camiseta preta com estampas brancas pra brincar justamente com esse contraste do branco do meu cabelo com o preto da minha barba. Além de que adoro essa dualidade preto e branco.

O tênis bota preto com detalhes em couro escolhi pra que casasse com a escolha da camiseta e a calça caqui pra que criasse um meio termo mais claro entre as peças. Escolhi uma skinny por o tênis ser estilo bota. O óculos escolhi por ter esse recorte mais quadrado que fica bem no meu rosto redondo. O cordão é o meu crucifixo, está SEMPRE comigo, mesmo que precise ficar por dentro da roupa.IMG_2903editadaA camiseta comprei na Renner, que, apesar de não ter peças exclusivas, é onde eu encontro o que gosto aqui em Belém. A calça comprei na Renner também, depois de muito procurar uma exatamente como eu queria. O tênis Jonny Size comprei na Loja Killer, que tem peças ótimas e exclusivas. O óculos comprei numa loja do Instagram ótima, que não é de moda, mas tem algumas peças de vestuário que se chama Coisas de Marte. O cordão na verdade não é o original. O original comprei de um amigo, mas perdi. Como é um amuleto muito forte, mandei fazer uma réplica em uma loja do Pólo Joalheiro.

Fotografia: Gustavo Aguiar / Edição: Marília Jardim

Gostou das dicas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s