Um estilo para chamar de meu

Marília Jardim

2124

Carnaval acabou e agora podemos começar de fato  2016, né não? No meu primeiro post do ano, eu fiz uma lista com as minhas metas relacionadas à moda para esse ano.  Por isso, decidi começar a compartilhar por aqui os passos que estou dando para cumpri-las.

A primeira meta é conseguir ter meu próprio estilo, ser mais criativa, usar aquilo que combina comigo e, principalmente, aquilo que expressa quem eu sou. Ela é meio abstrata e, talvez por isso, seja a mais difícil de seguir. Mas criei uma espécie de “metodologia” para me ajudar a descobrir quem eu sou (e o que eu visto): fazer meu próprio caderno de estilo, uma espécie de “diário de bordo” da moda.

Ah! É importante deixar claro que esse passo-a-passo é apenas inspirador! Não precisa seguir esse ritmo se não quiser, pode usar as dicas e usar em outra ordem. Ou melhor: criar suas próprias regras 🙂

Passo 1: Escrever sobre mim
Esse deve ser o passo mais difícil, porque exige um exercício de autoconhecimento, tempo, paciência e aceitação. Não basta descobrir suas qualidade, tem que reconhecer os defeitos – físicos e psicológicos. A gente precisa listar o que gosta, o que não gosta, o que quer mostrar, o que prefere esconder…E como isso é refletido nas roupas que a gente veste. Eu acho que consigo me expressar melhor usando papel e caneta, por isso escrevi. Mas vale a pena, pintar, desenhar, fazer quebra-cabeça, fazer listas…Enfim, vai de cada um.

2112

Passo 2: Recorte e cole
Aqui é o passo da pesquisa. Eu optei por juntar todas as revistas e encartes de moda que eu tenho em
casa e fui escolhendo o que eu gosto e o que eu acho que combina comigo. Não me importa muito se o que eu gostei foi tendência em 2007, se tem a ver comigo, e não com a moda do momento, eu colo no caderno. Aí fui fazendo as combinações: listras e o que pode ser usado com elas, flores e acessórios com mais contrastes, inspirações em looks preto e branco… Por aí vai! Aqui, a ideia é reunir ideias que possam me inspirar a usar o que eu já tenho nas gavetas.

2116

Passo 3: Leituras
Livros que são guias -de roupa, beleza, maquiagem – são sempre bem-vindos. Dependendo dos livros,
eles nunca dizem o que você deve fazer ou quem você deve ser, mas orientam os melhores modelos, cores,cortes
para o seu tipo de corpo – e o seu estilo! Eu recomendo, de todo o coração, três livros que eu já devo até ter citado em outros posts, de tanto que eu gosto deles.
2120
A Parisiense – é um guia de estilo que mostra peças básicas que toda mulher deve ter e que são possíveis usar de diferentes maneiras; ele é divertido, irônico e também faz um guia de lugares para conhecer em Paris e outras recomendações de decoração.

Dia de Beauté  (Victoria Ceridono) – Vic Ceridono é minha diva das make! O livro reúne as melhores dicas que ela já deu ao longo dos anos no blog/vlog dela, também chamado Dia de Beauté. São conselhos para os diferentes tipos de pele, de olho, de boca… É só ver qual o seu e se inspirar!

Cronologia de Moda (Stevenson) – Conhecer a história da moda é uma maneira de ter referências de outras épocas, que de vez em quando voltam para as passarelas e editoriais de moda. Também é uma maneira de descobrir qual época tem mais a ver com você e como aquela moda de ontem pode construir sua personalidade hoje!

E então, curtiram? O processo todo me ajudou a conhecer um pouco mais sobre mim e valorizar as coisas que eu já tenho no guarda-roupa. Como eu disse no começo, foi a maneira que eu encontrei de me conhecer melhor. Espero que seja inspirador para outras pessoas também 😉

Gostou das dicas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s