Da Tribu Ciranda: uma nova forma de compartilhar

Amanda Campelo
da tribu 1 ano de festa_3

Cartier Fotografia com Caroline Torres e Luiza Chedieck

“Compartilhar é juntar forças, crescer junto, experimentar. É somar para multiplicar. Acreditar em si e no outro. Se dispor a caminhar coletivamente. Acreditar no coletivo. Sobretudo, olhar para trás, a cada novo passo e se jogar no futuro. É comover o outro com a disposição da troca, do afeto”. A fala é da Tainah Fagundes, sócia criativa da Da Tribu, marca paraense que produz muito mais do que acessórios e sim objetos que nos conectam com as nossas identidades e nos conectam com o outro. E pensando nessa ideia de compartilhar ainda mais, a marca resolveu inovar e criou um serviço pioneiro aqui no estado: o Da Tribu Ciranda.

A ideia de fazer com que os objetos confeccionados pela artesã Kátia Fagundes possam agregar afeto de um número maior de pessoas nasceu a partir de experiências cotidianas. “O Da Tribu Ciranda surgiu inspirado em outras marcas, espaços e no exercício diário que fazemos desde sempre dentro de casa com os nossos objetos pessoais. Aqui quase tudo é coletivo, os objetos tem vida prolongada e um final bem digno. Aqui as coisas, objetos e dificuldades são sempre resignificados. rs <3”, conta Tainah.

Da Tribu Ciranda é para pessoas que adoram compor vários looks, dentro de um novo estilo de vida, com mais desapego, criatividade e flexibilidade.

Com base em uma economia compartilhada a ideia de prestar esse serviço diferenciado vem pra reforçar uma moda mais consciente em que ter experiência vale mais do que possuir/ser dono de algo. Aqui a ordem é menos acúmulo e mais histórias pra contar. Afinal, quantas de nós não tem gavetas e mais gavetas cheias de peças e acessórios que nunca mais foram usados e tão ali parados enquanto poderiam estar participando de outras histórias?

da tribu 1 ano de festa_2

Cartier Fotografia com Caroline Torres e Luiza Chedieck

Como funciona o serviço

Pra quem fizer o aluguel das peças no domingo (6) ou na terça (8) o valor cobrado vai ser de 50 reais. Depois disso, você vai lá na Loja Morada, escolhe as quatro peças pra arrasar nos looks do dia, e o preço cobrado vai ser a média dos valores. Ou seja, se um item custar 40, o outro 30, o outro 60 e o quarto 40 (somando dá 170 dilmas) você vai pagar 42,50 pelo aluguel. Os acessórios podem ficar contigo por 15 dias e depois tu devolve eles lindamente.  Ah, é importante destacar que  as peças menores como anéis e brincos, e algumas carteiras não estarão disponíveis para este serviço. Adornos de cabeça, colares e pulseiras estarão.

Esse tipo de serviço com aluguel de peças é pioneiro aqui no estado. Confesso que se outra loja faz eu não tô sabendo não. E justamente por ser algo novo, a Da Tribu vai testar esse serviço por um tempo para depois definir se ele vai ser permanente ou não, como explica Tainah: “A ideia é o serviço ser um piloto ainda. Iremos testar por 3 meses. Depois a gente para, avalia os feedbacks e voltamos se for o caso com algo mais legal ainda. Mas, a intenção realmente é fazer com que o nosso cliente experimente e possa lidar com o dinheiro de uma forma diferente, onde o investimento financeiro não gerará um produto material só seu, que será acumulado em seu guarda-roupa gerando mais excessos, e sim, oportunidades de se divertir na hora de se vestir”.

O aniversário é deles, mas o presente é nossPERA

da tribu 1 ano de festa

Cartier Fotografia

Então gente, esse serviço maravilhoso que é o Da Tribu Ciranda é uma das formas de comemorar o aniversário de um ano da Loja Morada que foi ontem. Localizada no bairro da Campina, o espaço serve não apenas como sede da marca, onde as peças estão expostas e podem ser adquiridas, mas também é um espaço para (mais uma vez) compartilhar. “A nossa vinda para a Campina ajudou a gente a construir muitas historias com mais e mais pessoas. Realmente compartilhar mais ideias, momentos, sonhos, alegrias. A troca é o que nos move. Construir relações verdadeiras e duradouras principalmente. Antes, nossos clientes eram cliente-afetivos, agora com a Loja Morada, eles se tornaram mais especiais ainda, porque fazem o sonho realidade, dia a dia, em cada visita a loja, em cada parceiro que lança sua ideia junto conosco e estabelece novas trocas e aprendizados”, reforça Tainah.

Programação

Na Loja Morada rolam várias atividades como shows, contação de história, yoga, bazar, entre outras coisas. Então nada melhor do que fazer um pouquinho de cada uma dessas coisas que já estão presentes na Laje nas comemorações do aniversário que ocorre nesse domingo, dia 6. Olha só o que vai rolar:

Banda Mastodontes

Banda Maistodontes

8h – Yoga com Tunga Vidya

9h – 18h  Abertura da Exposição Fotográfica Habita, de Jorge David Ramos

9h – 18h  Quick Massage com Yash Luna

10h – Contação de História “A Boiuna e a Moça”, com Adriana Cruz e Cincinato Marques Jr.

18h – Show da banda Maistodontes

*Comidinhas e bebidinhas durante o dia inteiro!

Então, galerinha, vão ficar de fora dessa? Mesmo que tenhas conhecido a marca agora, não te faz de doido não e pode chegar que no coração da Família Fagundes sempre cabe mais um!

Vem comemorar, vem compartilhar, vem pra Da Tribu!

P.S.: Me empolguei tanto que tá parecendo publipost, mas não é não, viu?

Gostou das dicas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s