Gabriella Barros, 21

Look_Gabriella-11

Fotografia e edição: Felipe Negidio.

Meu nome é Gabriella Barros, tenho 21 anos, sou comunicóloga, e a partir do ano que vem, serei jornalista.

Sou workaholic. É o preço que se paga por ser apaixonada pela profissão. Tenho grande problema em negar trabalho, então quando não tenho muita demanda no estágio, sempre me envolvo como freela de algum evento. Adoro essa correria, não gosto de ter horas vagas muito extensas. Audiovisual, texto, criação, tudo isso me atrai. Minha lua é em aquário, então tenho esse lado perfeccionista muito desenvolvido, acabo sendo uma mala com quem trabalha comigo por cobrar igual. Ando vendo mais série do que assistindo filme, a comodidade de ter Netflix casa bem com isso.

Look_Gabriella-16

Me vi mulher muito recentemente, o feminismo só me atingiu esse ano. Alguns acreditam que só por ser mulher, sou feminista, e isso é um bando de baboseira. Quem mais reproduz o machismo são mulheres. Pensava que pra me levarem a sério eu tinha que estudar muito e não ligar pra como eu me visto. Não gostava de chamar a atenção pra mim, até porque sou bem na minha, então só enfiava um jeans e uma camisa preta, tô pronta.

Quando comecei a trabalhar em televisão eu comecei a entender o poder da comunicação na roupa, trabalho com mulheres lindas e confiantes que me ensinaram muito. Mesmo estando na produção, dava pra ver o quanto diferenciava essa postura. Eu não tô me referindo a blusa de botão e blaser, tô falando em colocares tua personalidade naquilo que penduras no corpo. Saber usar teu corpo, parar de querer comparar ele com outros que não são iguais ao que a gente tem. Eles podem ficar bonitos de uma forma que nem sempre fica tão bom na gente. E dai? É meu e eu amo. Parou aí.

Look_Gabriella-17

A roupa te dá confiança, aprendi isso na prática. Não adianta fingir que tu não te importas, é um longo processo de desconstrução que eu precisei passar. Foi no meu tempo, no meu jeito. Um dia arrisquei uma estampa com cores fortes, deu certo. Comecei a dar meus passinhos de bebê, ganhar confiança de dentro pra fora. Hoje saio na rua e não fico olhando pros lados, não abaixo a cabeça, não olho se estão me encarando por causa do tamanho da saia ou do decote. Se me sinto bem, vou daquele jeito e não me diminuo por querer me arrumar. Sei o quanto me dedico no que faço, o quanto sempre tento melhorar. Percebi que não preciso me levar tão a sério para passar essa confiança, isso vem naturalmente.

Sobre o look da foto: A Amanda me pediu pra que eu vestisse algo que diz muito sobre mim. Gosto de preto e amo estampas, essa combinação supre os dois amores. Comprei as peças no comércio, numa lojinha muito charmosa que eu não consigo lembrar o nome. Foi amor à primeira vista com essa estampa que lembra escama de sereia, e a saia tem dois cortes laterais que eu achei bem legal. Essa roupa foi um grande passo que eu dei, mostrar a barriga e usar um saião, que eu pensava que era só para as altas e magras, e cá estou eu, vestindo. Me sinto linda nela, então que se exploda o mundo.

Gostou das dicas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s