Vamos nos permitir

dsc_3459

O look de hoje acabou se tornando mais que um roupa depois que eu saí com ela para fotografar. Não sei se foi o lenço no pescoço, a blusa meio transparante ou o tênis surrado. Só sei que quando subi no ônibus, senti todos os olhares se voltarem pra mim. Não sei se isso é bom ou ruim, sabe? Não sei ao certo o que as pessoas pensaram quando me viram com essa roupa, mas definitivamente foi um dos looks que eu mais gostei de usar nos últimos tempos.

Eu acho que essa composição representa o conforto que eu gosto de ter ao vestir minhas roupas. Esse é meu princípio, sabe? Acho que temos que ter esses fundamentos para vestirmos as roupas que queremos ou fazermos as coisas que temos vontade. Nesse ano eu tentei ao máximo pensar fora da caixa e fazer combinações fora do do óbvio pra expressar meu conforto e eu só consegui fazer isso me permitindo experimentar novas ideias a partir de novas referências. E buscar referências acabou se tornando uma constante, não só no quesito “look do dia”, mas também em outros aspectos da vida.

A inspiração começou semana passada, quando assistindo Masterchef Brasil vi o look da Paola Carosella no programa e me agarrei na ideia de montar uma composição inspirada nela. A diferença é que eu troquei o sapato de saltinho, mais social, pelo tênis (não consegui foto do look, mas aqui tem um trechó do episódio e dá pra ver as escolhas dela). Aliás, tenho andado num vício bem grande de tênis, são mais confortáveis e como faço muitas coisas a pé, me incomoda menos que sapatilhas, por exemplo.

dsc_3472

A calça, na verdade, é metade de um macacão social que eu comprei semana passada para ir em um chá de panela. Ela é “ligada” por um zíper com a parte de cima, que é um cropped. Juntos, formam um macacão e separados funcionam como calça e blusa. Certeza que é uma das roupas mais funcionais que eu já tive! A bolsa também é nova: comprei no Solar Colab, no dia da inauguração. Já tinha tempo que eu precisava de uma mini bag mais neutra e de tamanho bom para carregar só o básico (celular, identidade, dinheiro/cartão e chave de casa). A blusa foi herdada da minha tia e, como disse antes, é meio transparente, por isso escolhi um sutiã que parece um top e ainda tem detalhes charmosos na frente.

Fotografia: Antonio Macêdo

Blusa: herdada de uma tia/ Calça/ Capitu/ Tênis: Vans/ Bolsa: Adue

2 comentários sobre “Vamos nos permitir

Gostou das dicas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s