Osada: handmade cheio de cores e leveza

osada01

Tempo desses descobri por meio de migas blogueiras (Luly e Luiza) a Osada, marca aqui de Belém que oferece sandálias feitas manualmente e cheias de cor feat. amor. Daí como semana passada eles abriram uma loja no Bosque Grão Pará, resolvi fazer esse post aproveitando a novidade para apresentar a marca pra vocês. Olha só o bate-papo que rolou com a Lora Cirino, dona e proprietária da Osada.

Qual a tua relação com a moda? Como tudo isso começou? Acredito que venha de sangue, minha mãe fazia roupa pras miga e vestido de noiva. Cada coisa linda! Babo nas fotos. Já a minha relação pessoal começou em 2001 quando a mãe da Moara Brasil, minha amiga e parceira de trabalho, que hoje é artista plástica, nos cedeu o porão da casa dela (lá onde hoje funciona o Black Dog), abrimos um ateliê de customização e brechó: o Loramoara, onde vendíamos roupas usadas e customizávamos as roupas dos clientes. Depois disso tive outra marca de roupas em Manaus: a Aisó.

Meus pais são baianos e lá eles chamam as crianças de Osados quando elas fazem alguma peraltice ou algo que remeta a rebeldia, então meu irmão e eu crescemos ouvindo isso sempre que aprontávamos. (…) A gente tem uma ligação afetiva com essa palavra. E como a inspiração da marca nasceu na Bahia, tem tudo a ver com a minha história e a sonoridade é boa, foi o que ficou.

Como surgiu a Osada? Minha ideologia sempre foi slow, com intervenções handmade, mesmo quando eu nem sabia o que isso significava. Isso se aplicou na Loramoara, na Aisó e no meu jeito de vestir. A coceirinha da Osada surgiu quando eu tava na Bahia e vi uma sandália de uma marca cearense. Fiquei louca! Aquele estilo era tudo que eu queria fazer e o melhor, não tinha nada parecido aqui em Belém. Engraçado que na época eu tava muito bem na publicidade e não queria voltar a criar pra moda. Mas não adianta fugir, minha cabeça começou a fritar. Passei um ano testando fornecedores até achar um que me satisfizesse, foi quando percebi que aquilo poderia ser a paixão da minha vida. Foi muito sol na cabeça, muita correria, muito trampo, mas parece que foi… hehehe

osada06

Como funciona o teu processo criativo para produzir as peças? A criação é feita da forma tradicional, que é desenhando um modelo e correndo atrás do material, ou me munindo de vários materiais e experimentando, misturando, forma que eu gosto muito mais. A pessoa que monta as peças, o Sr. Ademir, é um cara muito criativo, experiente e muito meu amigo. Ele sempre me dá ideias e soluções, criamos juntos, experimentamos juntos! Ele monta as bases e a finalização das peças como berloques e fios a gente faz no ateliê, eu e uma assistente, a Nayara.

A Osada oferece peças completamente diferentes e únicas. Além dessa ~exclusividade~ quais os outros conceitos e objetos por trás da marca?
Agora, com a loja, temos coleções com numerações que vão do 33 as 40, mas mesmo assim são pouquíssimas peças de cada número, pra manter esse senso de exclusividade. Fast fashion não é jamais a nossa ideologia, gostamos de criar com pessoas e para pessoas, não pra massas. Queremos estimular a diminuição do consumo sem valor e da agressão à natureza e ao ser humano simplesmente para se ter um sapato novo. Em breve, vamos voltar com as encomendas exclusivas, além da linha baby, agênero e noivas. Também agregamos alguns produtos como acessórios, bolsas e chapéus. E vem mais coisa por ai ( BAM! BAM! BAM!)

osada04

Lora, tu tás com uma novidade e um grande desafio que é a loja no shopping Bosque. Fala dessa fase, desafios e anseios. Foi tudo muito louco e rápido. Em dois meses o Alan – que era meu chefe – virou meu sócio e abrimos a loja. Foi um processo acelerado e muito gostoso de viver. Minha cabeça virou um turbilhão, nesse tempo eu me transformei em outra pessoa: aprendi sobre compras, empreendedorismo, planilhas, gratidão, fé e sobre não dormir mais do que a vida toda eu tinha aprendido. Tudo sem deslumbramento. Agora o foco é fazer a coisa funcionar com todas as ideias que temos de expansão. Cada dia é um desafio diferente e novo. A loja no Bosque é nosso ponto de partida, mas não nosso ponto principal. Essa semana o site vem aí pra vender pra todo o Brasil e outras coisinhas mais que vocês vão já saber 🙂

Gostaram? Pra encontrar os produtos da Osada é fácil. Tem o Instagram da marca, o da Lora Cirino, Fanpage e, é claro, a loja física no piso térreo do Shopping Bosque Grão Pará.

 

Gostou das dicas?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s